HOME

 

NOVIDADES

 

TOUR

 

LAURA4U

 

MERCHANDISING

 

LINKS

 

E-MAIL 

 
BIOGRAFIA
  DADOS PESSOAIS
  CARREIRA
  FOTOS
DISCOGRAFIA
  ÁLBUNS
  SINGLES
VIDEOGRAFIA
  VHS
  DVD'S
MÚSICA
  LETRAS
  TRADUÇÕES
  CIFRAS
STUFF
  LISTA DE FANS
  VIDEOS
LAURA PER SEMPRE
  LPPS & LAURA
  LPPS - IMPRENSA
  CRÉDITOS
 ...

LPPS - Youtube








 
Seus três álbuns: "Laura Pausini", "Laura" e "Laura Pausini" (em espanhol) venderam mais de 6 milhões de cópias em 37 países. E também renderam vários prêmios a Laura:

 No dia 04 de maio de 1995, Laura ganhou o "World Music Award", considerado o Grammy europeu, que aconteceu em Montecarlo. Ela venceu na categoria "Best Selling Italian Artist", foi a artista italiana que mais vendeu discos no mundo, no ano de 1994.

 No dia 18 de maio de 1995, Laura recebeu o prêmio "Lo Nuestro", em Miami, como revelação entre os cantores de língua latina presentes no mercado norte-americano. Este prêmio é tido também como o Grammy Latino.

 Em 10 de outubro de 1995, no Instituto de Cultura Italiana de Madri, na ocasião da venda do seu milionésimo disco, Laura recebeu da embaixadora da Itália um globo de ouro pela contribuição dada a difusão da cultura popular italiana na Espanha.

 Laura também foi premiada pela revista Billboard como a segunda revelação feminina de 94, perdendo apenas para Mariah Carey.
 Em julho de 1996, em Bruxellas, Laura Pausini recebeu o "F.P.I. Platinum Europe Award", pelos álbuns vendidos na Europa.
 
 Além de receber: 11 discos de platina na Espanha; 10 discos de platina na Itália; 6 discos de platina na Holanda; 4 discos de platina no Chile; 3 discos de platina no México; 2 discos de platina nos Estados Unidos, na Suíça, em Portugal, na Bélgica, no Brasil e na Colômbia; 1 disco de platina na Guatemala, Bolívia, Paraguai e Uruguai; 2 discos de ouro na Argentina; 1 disco de ouro na França e na Venezuela.
 
Laura também gravou uma versão de "La Solitudine" em inglês, feita por Tim Rice, que recebeu o nome de "Loneliness".

Em seu  terceiro álbum em italiano, Marco Maratti e Angelo Valsiglio, já não fazem mais parte do "team di lavoro" de Laura, e nos seus lugares, entraram Alfredo Cerruti Jr. e Dado Parisini. A troca foi feita porque Pausini representava para eles (Maratti e Valsiglio) apenas uma fonte de dinheiro, eles não davam chances para ela se expressar como queria.
"Este é o meu disco mais importante, não podia e não posso errar: agora tenho muito mais responsabilidade.
Por isso decidi mudar o grupo de trabalho, aquele que me levou ao sucesso: porque me tratavam como
uma criança, sem nem mesmo escutar as minhas opiniões. É fato que posso trabalhar como quero, num
estreito contato com autores, músicos, produtores, seguindo o produto do início ao final.
E escrevendo também, finalmente, o texto de uma canção: 'Il Mondo che Vorrei'
." - Laura Pausini
         
ANTERIOR   PRÓXIMO