HOME

 

NOVIDADES

 

TOUR

 

LAURA4U

 

MERCHANDISING

 

LINKS

 

E-MAIL 

 
BIOGRAFIA
  DADOS PESSOAIS
  CARREIRA
  FOTOS
DISCOGRAFIA
  ÁLBUNS
  SINGLES
VIDEOGRAFIA
  VHS
  DVD'S
MÚSICA
  LETRAS
  TRADUÇÕES
  CIFRAS
STUFF
  VIDEOS
LAURA PER SEMPRE
  LPPS & LAURA
  LPPS - IMPRENSA
  CRÉDITOS
 ...

LPPS - Youtube








 
La Mia Risposta foi gravado em Milão, Hollywood e New York, e conta com a presença de Nathan East no baixo, John Robinson na bateria, Mike Landau na guitarra elétrica, Riccardo Galardini na guitarra rítmica e de Eric Buffat nos teclado e ainda de Alex Richbourg, programador ritmico de Janet Jackson, responsável pela mudança no ritmo das músicas, agora bem mais Soul/Pop que antes.
"Estava ficando cansada de fazer sempre as mesmas coisas. Agora, também graças a Alex Richbourg e aos seus ritmos que influenciaram muito o meu modo de cantar, não grito mais como uma louca." - Laura Pausini
O disco foi produzido por Alfredo Cerrutti Jr., Dado Parisini e pela própria Laura Pausini (ela mesma escolheu os músicos e as canções neste trabalho). Laura teve vontade de controlar cada frase da produção e por isso passou vários meses na sala de gravação. Neste álbum, duas músicas foram escritas por Laura, e outras mais em parceira sua com o fiel amigo, Cheope. Uma das músicas que Laura escreveu sozinha foi "Buone Verità", inspirada no poema "Vivi la Vita" de Madre Teresa de Calcutá. Em suas canções, Pausini procura usar uma linguagem fácil, muitas das músicas são diálogos, como "Tu cosa sogni?", "Anna dimmi sì", "Buone verità", "Che bene mi fai". Há também uma autobiografia: "Come una danza".
Em "La Mia Risposta", Laura vem com um novo "look" tanto pessoal quanto no estilo de cantar. A mudança no visual deve-se ao fato de Laura ter descoberto "um lado menos inocente, mais sensual". Segundo ela própria: "acabou em mim o conflito de ser mulher no corpo e adolescente na alma". E essa mudança se reflete no disco, pois ele nasceu do desejo físico de Laura contar quem ela é, com músicas que a façam usar não só a voz, mas também o seu corpo que finalmente começou a amar.
"Escolhi os músicos e as canções. Me sinto mais segura, desejo respeitar o meu físico e não fico mais
angustiada em escolher: consigo falar abertamente de sensualidade nas músicas". - Laura Pausini
O amuleto, símbolo do álbum, foi desenhado pela própria Laura, é o símbolo de um L e um P, iniciais de seu nome (Laura não queria que as pessoas reconhecessem imediatamente que eram sua iniciais). Esse amuleto é muito importante para Laura Pausini. Laura desenhou este amuleto para que as pessoas que estão entre seus amigos, entre as pessoas que estimam, pensem neste momento, no quanto ele é importante.

O "La Mia Risposta" mostra os sentimentos de Laura de uma maneira mais pessoal e mais íntima que os anteriores, já que eles estavam ligados a sua fase adolescente. Este álbum mostra também o desejo de crescer que Laura tem, o desejo de expressar um amor total, passional, mental e físico.
O ano de 1999 foi marcado pelo reconhecimento de sua música também nos Estados Unidos. Laura gravou a música "One More Time", canção integrante da trilha sonora do filme "Message in a Bottle", estrelado por Kevin Costner.

Nesse mesmo ano, ela também lançou um VHS "Video Collection 93-99"(nas versões italiano e espanhol) com todos os vídeo clipes realizados de 1993 até 1999. E para completar o VHS, Laura nos brindou com uma incrível versão acústica de "One More Time". Todas as introduções dos clipes foram gravados na própria casa da Laura, deixando um clima de proximidade e intimidade com ela.
         
ANTERIOR   PRÓXIMO